Exposição “IMPERMANÊNCIA” – Giovani Caramello


Impermanência é o conceito de que tudo um dia cessa, seja um sentimento, uma experiência, uma fase, e a própria vida. As obras que fazem parte dessa exposição têm como objetivo trazer uma reflexão interna para cada espectador, tentando de alguma forma lembrá-los de que o único momento existente é o presente, e este momento também é efêmero, portanto a exposição serve como uma contemplação da impermanência, nos fazendo cessar o apego exagerado, mesmo que por poucos instantes.


 OBRAS EXPOSTAS


SOZINHO – Giovani Caramello

2014 – 85 x 11 x 18 cm

Silicone, Fibra de Vidro, Tecido e Cabelo Sintético

“Se você sofre, não é porque as coisas são impermanentes. É porque você crê que as coisas são permanentes. Quando uma flor morre, não sofremos muito, porque entendemos que as flores são impermanentes. Mas você não pode aceitar a impermanência de uma pessoa amada, e sofre profundamente quando ela morre. Se você olhar a impermanência em profundidade, fará o melhor que puder para fazer essa pessoa feliz agora. Consciente da impermanência, você se torna positivo, amoroso e sábio. Impermanência é boa notícia. Sem impermanência nada seria possível. Com impermanência toda porta é aberta para a mudança. Em lugar de lastimar, deveríamos dizer: Longa vida para a impermanência. Impermanência é um instrumento para nossa libertação”.

Thich Nhat Hanh


Instrospecção – Maquete

2014 – 29 x 6 x 7,5 cm

Resina e Tinta Acrílica


OBLÍVIO – Giovani Caramello

2014 – 93 x 15 x 25 cm

Silicone, Fibra de Vidro, Tecido e Cabelo Sintético

“Não importa quanta felicidade e abundância tenhamos reunido neste tempo de vida, isso é tão insubstancial quanto o que sonhamos na noite passada. Entender que nada dura, que tudo passa como um sonho, é entender a impermanência e a morte”

Tulku Urgyen Rinpoche


ANSIEDADE – Giovani Caramello

2014 – 20 x 12 x 15 cm

Silicone, Poliuretano, Resina e Cabelo Sintético


 OUTRAS OBRAS – Giovani Caramello

“É certo que o objeto ao qual estamos apegados, seja qual for, irá mudar ou se perder. Uma pessoa talvez morra ou vá embora, um amigo pode se tornar inimigo, um ladrão pode roubar seu dinheiro. Mesmo o nosso corpo, ao qual estamos apegados em grau máximo, irá embora um dia”

Chagdud Tulku Rinpoche


Materiais de Teste e Esboços produzidos em plastilina, utilizados em estudos para a elaboração das obras!


 SOBRE A EXPOSIÇÃO

“IMPERMANÊNCIA”

Autor: Giovani Caramello

Período: 10 a 30 de Outubro de 2014

Horário: de segunda a sexta, das 8h30 às 16h, sábados das 9h às 14h30

Local: Museu de Santo André Dr. Octaviano Armando Gaiarsa – OMA Galeria – Rua Senador Fláquer, 470 – Centro – Santo André

(11) 4427-7297 e (11) 4436-3631

E-mail: museu@santoandre.sp.gov.br

Estacionamento para visitantes: Rua Dona Gertrudes de Lima, 499 – Centro

Entrada gratuita


 

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s